Um comentário sobre “ Rua Celso Gilberto de Oliveira

  1. Celso Gilberto de Oliveira era meu primo irmão… jovem, estudante, inteligente, cheio de vida, carregado de nacionalismo e vontade de ver o seu País livre. Lutou pela democracia da forma que acreditava ser correto. Apaixonado pela causa que abraçou, acabou preso pela ditadura em 1970…depois disso só se teve notícias esparsas a seu respeito, vindas de alguns ex-companheiros que sobreviveram. Sumiu no Rio de Janeiro depois de preso…i.é FOI COVARDEMENTE MORTO PELOS VERDE OLIVA…SEM DIREITO A DEFESA…ESSES MESMOS QUE HOJE SÃO DEFENDIDOS/HOMENAGEADOS PELO LOUCO CONHECIDO POR BOLSONARO…Lembro que meus tios procuraram o filho sem sucesso durante mais de dez anos…até desistirem. Minha tia transformou-se numa morta-viva; de uma mulher simples e alegre, passou a ser uma mulher fechada, ensimesmada, permanentemente triste até que morreu depois de ver as notícias da descoberta do “cemitério clandestino de Perús” em São Paulo, onde foram encontradas ossadas de presos políticos desaparecidos. Antes de morrer, entrevista pelos jornais foi manchete de primeira página em um deles onde declarou: “NÃO QUERO OSSOS, QUERO O MEU FILHO DE VOLTA”… poucos dias depois ela deixou-se morrer sem esperanças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*