Monumento ao nunca mais: homenagem à resistência brasileira e à luta pela anistia

Inaugurado em abril de 2014, por iniciativa da Comissão de Anistia e outras entidades, o monumento está localizado em um dos locais mais simbólicos politicamente no Rio de Janeiro: a praça da Cinelândia, palco de inúmeras manifestações e confrontos. Presta homenagem aos militares que resistiram e disseram “não” ao golpe de 1964, sofrendo todas as consequências repressivas de seu gesto em prol da legalidade e da ordem democrática. Feito de aço e com cerca de 3 mestros de altura, trata-se de uma “bandeira do Brasil desconstruída”, segundo a artista plástica responsável, Cristina Pozzobon.

Filtro: Espaços de homenagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*